25 de set de 2012


Em outubro A Chapeleira Maluca comemora mais um ano, 
fiquem ligados no blog e no Facebook,
promoções, sorteios, consultorias de moda on line e muito mais... 
a gente faz aniversario mas o presente é pra você!!! 






19 de set de 2012

Empreendedorismo


Ateliê de chapéus cresce com a ajuda do comércio no Facebook



Carla Carvalho, dona do ateliê de chapéus A Chapeleira Maluca, afirma que 50% das vendas do ateliê são feitas por meio do FacebookFoto: Edmar Wellington/Sebrae/Divulgação
O gosto pela costura vem de família. Carla Carvalho, bailarina, coreógrafa e empreendedora, de Goiânia, cresceu em meio às máquinas de costura da mãe. "Aprendi a costurar muito cedo. Sempre fiz as roupinhas das minhas bonecas e quando fui crescendo mais, comecei a fazer chapéus para mim." 

De tanto usar suas criações, Carla acabou despertando interesse nas amigas que também queriam ter os chapéus que ela costurava. Com o crescimento da demanda, a bailarina decidiu transformar a paixão pela costura em negócio e criou a marca A Chapeleira Maluca. E, apesar de um produto "antigo", o modelo de negócios de Carla é bastante "antenado" e moderno. A marca está em atividade há 10 anos e desde 2005 a empreendedora utiliza a internet para divulgar e vender seus chapéus. 

Carla começou fechando parcerias com sites que reúnem artesãos e suas criações. Em 2009, criou um blog da marca e, há cerca de um ano, se conectou ao mundo do Facebook. 

"Hoje, a internet é responsável por 70% das minhas vendas. Mas o Facebook foi a grande sacada. Metade de todas as vendas é feita por meio da rede social", explica a empreendedora. Os chapéus também são vendidos na galeria Casulo Moda Coletiva, em Goiânia. Hoje, a marca comercializa de 30 a 40 peças por mês. 

A empreendedora revela que trabalhar no mercado de chapéus não é fácil. "O chapéu nunca saiu de moda, mas teve uma queda em seu uso. Quando começa uma novela que traz a moda, as pessoas voltam a usar. Aí, cai novamente em desuso." 

Para sobreviver no mercado, Carla criou alguns diferenciais. O maior deles, na visão da empreendedora, é o fato de as peças serem 100% sustentáveis. O material usado na confecção dos chapéus são restos de fábricas de móveis e de tecidos. "Até os retalhos do ateliê eu reutilizo. Uso para fazer fuxicos e enfeitar as peças", completa. 

Além de comercializar os produtos da coleção, Carla ainda faz chapéus sob encomenda. Para estimular o consumo, a Chapeleira Maluca tem modelos novos todo o mês. E, é claro, coloca fotos deles na sua maior vitrine: o Facebook. 


 entrevista para o portal Terrahttp://invertia.terra.com.br/empreendedor/noticias/0,,OI6155543-EI19585,00-Atelie+de+chapeus+cresce+com+a+ajuda+do+comercio+no+Facebook.html

10 de set de 2012

Bom dia!!! estou no maior pique de produção me preparando
 para o Encontro dos Povos do Cerrado, quem estiver em 
Brasilia nos próximos dias vai fazer a festa com muitas 
novidades da A Chapeleira Maluca
olha que estou inspiradíssima!!!


6 de set de 2012

 Seja feliz fazendo o que ama...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...