9 de dez de 2011

Casulo Moda Coletiva

 
Arrasando no video!!!! parabéns a todas as marcas que fazem do Casulo Moda Coletiva
uma loja incrivel, fico muito feliz em participar desse projeto, espero que gostem. 
Um xero!!!

A loja mais garimpeira ja está arrasando na net!!!

30 de nov de 2011

Casulo Moda Coletiva: Look do Dia





Fotografia por: Bruna Medeiros e Talitha Gonçalves
Modelos: Natasha Freitas e Paula Freitas
Edição: Bruna Medeiros
Looks: Casulo Moda Coletiva - Regata e saia: Salamandra Do Fogo
casquete: A Chapeleira Maluca.

20 de nov de 2011

Sou uma pessoa antiga

Mais algumas da serie "Sou uma pessoa antiga" muito bom!!





11 de nov de 2011

Sou uma pessoa antiga

  Gente achei esses desenhos num site super legal de uma desenhista chamada  Ila Fox, com isso descobri que eu realmente nasci na década errada, não só pelo fato de fazer chapéus, mas por causa de alguns hábitos que trago da minha infância, coisas que minha avó fazia, pois bem olha so oque eu achei!!! minha cara eu sou assim!! então resolvi compartilhar com vcs, nas próximas  semanas vou postar a serie completa do  "Sou uma pessoa Antiga", agora se ficaram curiosas como eu fiquei, deem uma olhadinha no site dela www.ilafox.com. Um xero!!!









9 de nov de 2011

Casulo Moda Coletiva: EVENTOS

Casulo Moda Coletiva: EVENTOS:
Neste sábado dia12/11, das 10:00 hs ás 15:00 hs, teremos o lançamento da coleção Pura Mudança da marca Lê Renev. Onde Leísa Reis dona da marca estará presente pra falar um pouco da marca e do processo criativo da coleção.

Coleção Pura Mudança

"Pura Mudança, essa que é inexplicável, que faz os meus dias melhores! Mudança que me contagiou, me fez querer ser muito mais do que sou! Daquelas que a princípio movem sem movimento, que move a essência que está dentro de mim. Surpreendente! Me faz sentir, perceber e entender que pra viver não basta estar vivo e que a pior morte é aquela que mata a existência sem tirar a vida. Por isso vivo sendo, fazendo, refazendo, criando… aprendendo que os melhores vôos são os da Liberdade! Logo percebo, aprendi voar!" Leísa Renev.

6 de nov de 2011

Voilette, a peça que esta fazendo -literalmente- a cabeça das noivas modernas




Você é moderna, não tem medo de ousar e topa tudo para tornar seu look no casamento um charme? Então você é a noiva certa para encarar um voilette como véu. A palavrinha francesa está fazendo a cabeça – literalmente – das noivas nada tradicionais e chama atenção por onde passa.
Também chamado de birdcage veil, a peça nada mais é do que uma rendinha que cobre os olhos da noiva. Existe ainda a opção que pega todo o rosto da mulher, mas de um jeito ou de outro, o voilette é a coisa mais delicada e feminina do mundo!
Normalmente, o voilette é feito de tule ou renda e pode ser bordado com pedrinhas ou brilhante (ou usado de forma limpa). O efeito é o mesmo, e a variação depende da personalidade da noiva. Para prender a peça nos cabelos, a dica é usar uma flor de tecido na parte de trás, ou apenas encaixar com grampos invisíveis.
Ainda existe a opção de prender o véu em um chapéu – essa é boa para noivas que vão se casar ao ar livre, em uma cerimônia mais informal. Aliás, foi desta forma que o voilette se tornou famoso. Na década de 1940, por exemplo, as mulheres mais finas usavam o tecido no rosto para se protegerem do sol e da poeira da rua. Além é, claro, de adicionar um toque de mistério no olhar.




E pronto. Chegamos ao ponto mais importante. Para quem está se perguntando se é preciso retirar a peça na hora do beijo ou na festa, isso depende de cada modelo.A noiva vai se sentir mais confortável se trocar a peça: “Ela pode também colocar para trás, ou prender na lateral com um grampinho”.
“Outra dica importante é a seguinte: para usar o voilette, é preciso combinar com seu estilo. Não adianta colocar porque é bonito ou está na moda. A noiva precisa ‘bancar’ a peça, saber carregar”. Para quem se interessou, A Chapeleira Maluca esta preparando uma coleção belíssima, vale a pena esperar, agora se esta com pressa, vc pode encomendar uma peça exclusiva do tamanho, cor e modelo que a noiva quiser! Um xero!!!

31 de out de 2011

Cerrado Fashion Week

Desfile da coleção "Crioulo" de Marcos Queyroz no Cerrado Fashion Week, foi um arraso as peças ficaram lindíssimas, super leves e com um colorido especial, por falar em colorido as estampas  foram criadas por Rodolfo Capuzzo e nem precisa dizer os chapéus foram criados pela "A Chapeleira Maluca", 
Parabéns Marcos por mais esse trabalho lindo, amei nossa  parceria . Um xero!!!! 





9 de out de 2011

Tendências de Chapéu para a Primavera Verão : Proteja-se do Sol com Estilo!




No inverno pode até não ser tão costumeiro usar chapéus por aqui, mas no verão não tem desculpa... escolha logo o seu modelo para se proteger do sol quando os termômetros subirem!!! Tem acessório mais charmoso???

Dos mais diversos modelos, de abas curtas ou longas, caps ou boinas o que importa é proteção com muito charme veja oque vai rolar na primavera/verão 2012

















Se vc ainda ficou na duvida, dê uma olhada na sessão de produtos e escolha o seu, ainda não achou?! então encomende um modelo exclusivo A Chapeleira Maluca
achapeleiramaluca@hotmail.com
(62)81995086
Um xero!!!!!!!!!!!!

5 de out de 2011

Veja a nova coleção de Chapeus e Fascinators para festas






A nova coleção está um arraso são Chapeus e Fascinator para festas e casamentos, veja as fotos na pagina de produtos. um xero!!!









17 de set de 2011




Lindissima  modelo Carol Viana  da Mega Model,  arte: Alberto Tolentino Beleza Evando Filho, criação A Chapeleira maluca

5 de set de 2011

Mova Goiânia 2011 desfile do Parque Flamboyant





















Gente confesso que amai fazer esse trabalho para o Mova Goiania,
o desfile foi lindo as parcerias maravilhosas e ainda tem mais por vir, sabado que vem no Parque Vaca Brava as 10 da manha mais um desfile, as produções ficaram lindas! gran

25 de ago de 2011

A designer Lara Vaz, em parceria com Casulo Moda Coletiva, oferece aos seus clientes e amigos, curso de Introdução aos estudos de Personal Stylist aplicado à imagem pessoal. O objetivo do curso é possibilitar a cada um desenvolver um estilo próprio e se vestir de forma mais harmônica a partir de sua personalidade. Isto através da adequação de roupas e acessórios ao tipo físico, tonalidade de pele, e outros aspectos.

Lara Vaz: Mestranda em Design pela Universidade Anhembi Morumbi, Graduada em Design de Moda pela Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás; formação em Personal Stylist na Escola São Paulo com a consultora de moda Silvana Bianchini


Mais informações: (62) 3087-3927 / (62) 8112-7937 

17 de ago de 2011

2 de ago de 2011

A nova chapeleira da Chanel, Gigi Burris




Os chapeleiros não existem apenas na terra da Rainha ou no País das Maravilhas. Gigi Burris é o nome da próxima chapeleira da Chanel, marca que teve seu início com Gabrielle Coco Chanel fazendo… chapéus! Gigi tem apenas 23 anos, nasceu na Flórida, e se formou na Parsons em 2009, quando foi nomeada para o prêmio de “Designer do Ano”.
“Eu apresentei minha coleção de conclusão de curso para uma grande audiência de insiders da indústria da moda – e foi bastante assustador. E cada look tinha um chapéu. E mesmo que eu estivesse focada no ready-to-wear, acho que o que fisgou as pessoas foram aqueles chapéus”, contou em entrevista ao site Blackbook. Após o desfile, Gigi começou a receber pedidos de várias pessoas interessadas em seus chapéus, o que a incentivou a abrir sua própria marca, especializada em chapelaria, mas que também faz roupas sob medida.
                               


Com pouco tempo de mercado, o trabalho de Gigi já figurou nas páginas da “Elle”, “Harper’s Bazaar”, “Numéro”, “The Last Magazine”, “Vogue” Itália e “W”. Nesta última, a cantora Rihanna usou as criações da chapeleira e gostou tanto que pediu para ficar com os modelos. “Foi engraçado quando a RP da Rihanna perguntou se estaria tudo bem se a cantora ficasse com alguns dos meus chapéus após o ensaio. Eu ainda estava na escola na época. Como eu poderia não deixar Rihanna ficar com o meu projeto da escola?”, contou ao Blackbook. Cecília Dean, autoridade por trás da “Visionaire”, e famosa por apostar em novos talentos, também é uma fã do trabalho de Gigi.
E o que é tão legal em fazer chapéus? Gigi tem a resposta: “Eu amo que eu posso exercer minha criatividade sem filtros. Eu adoro o artesanal, trabalhar com minhas mãos e poder produzir algo do início ao fim. Eu sou tão agradecida de, aos 23 anos, poder ter uma plataforma onde posso mostrar minha própria visão”. E o lado ruim? “Eu odeio que minha manicure não dura mais do que alguns dias, sempre. Eu estou constantemente trabalhando com fios, colar, penas, etc, e isso aparece em minhas mãos de trabalhadora”, contou ao site Fashionista.
Na “Vogue” italiana, os chapéus de Gigi ©Reprodução/ “Vogue” Itália
Embora se dê super bem no ramo, o plano inicial de Gigi não era ser chapeleira, e ela fala sobre suas preferências: “Chapéus são a cereja do bolo. Eu acredito que eles são necessários para minha visão completa de designer. No momento, eu prefiro fazer chapéus, porque eles me trazem muita alegria. Mas eu fui para a Parsons para estudar design de roupas e essa sempre vai ser minha verdadeira paixão. Chanel, Lanvin, todas começaram como chapeleiras. É um artesanato incrível, que nesse ponto me permite construir algo no mundo da moda. A arte de fazer couture-chapéus se traduz nas roupas, nos altos padrões de construção, e tem influenciado absolutamente a maneira com que eu faço roupas”.

Além do emprego recém-conquistado na Maison de Mademoiselle Chanel, a chapeleira vê na designer francesa um exemplo de vida. “Eu leio sua biografia o tempo todo para me lembrar quanto trabalho e perseverança é necessário nessa indústria. Ela começou como uma chapeleira e acabou construindo um grande império. Há algo de romântico em seguir os passos de alguém tão incrível”.
Gigi está de malas prontas para assumir seu post na Chanel, mas antes a designer dividia um apartamento no Lower East Side de Nova York com uma pianista clássica: “Eu sinto que nós duas somos pessoas nostálgicas. É lindo poder sentar aqui e fazer chapéus enquanto ela toca música clássica”.

Post sugerido pela colega do Facebook e futura parceira na loja Leísa Renev, obrigada. Um xero!!!!

22 de jul de 2011

Chapéu? Com que roupa???



Na dúvida sobre a roupa adequada para cada tipo de chapéu, segue algumas sugestões:
GÊNERO:
· Com traje esporte: boné, boina, gorro, viseira, chapéu de palha e de abas curtas (Cloches), brim ou outros tecidos.
· Com traje passeio: modelo de tecido de qualidade ou mais simples, dependendo do modelo do traje.
· Com traje rigor: mais elaborados, os tecidos serão requintados e trabalhados com véus, tules, rendas e flores.
Após dezoito horas os indicados são os pequenos arranjos, pillbox e chignons.
Pela manhã e tarde em ocasiões formais: chapéus de abas largas (Capelines) para locais abertos e de abas médias para locais fechados.
À noite: chapéu voilette ou com aba de crinol (Casquetes ou Fascinator)é reservado para ocasiões especiais.
Pillbox - pequeno chapéu oval rígido, com lados retos e copa chata, usado no alto da cabeça tombado para um lado, geralmente adornado com flores ou com pequeno véu frontal.
Chignon - coque ou penteado feito ao enrolarem-se na nuca cabelos compridos, com aspecto frouxo, mas cuidadosamente presos e adornados por enfeites variados.
Crinol - material transparente e brilhante, do qual são confeccionados chapéus, especialmente as abas.
Voilette - chapéu sem aba e possui um tecido transparente na frente tipo tela ou tule.


· Boinas e bonés podem ser usados com cabelos longos e soltos.
· Se os cabelos são curtos, o ideal é que estejam atrás da orelha.
· Chapéus de palha, panamá ou de tecidos leves são usados no verão.
· Chapéu panamá de aba curta acompanha um terno de linho.
· Evite modelos muito exagerados que podem destoar do comprimento da roupa e dos outros complementos.
· Tome cuidado ao escolher esse acessório para que o conjunto não fique extravagante demais.
· A cor deve estar em harmonia com o tipo do traje e a cor do mesmo, sendo que os tons neutros são os mais indicados.
· Faça a prova do traje com o chapéu para sentir o efeito total.
· Nos casamentos o uso de chapéus é apropriado, quando é uma cerimônia mais requintada.
· O chapéu não deve ser usado pelas madrinhas ou pelas mães, sem o consentimento da noiva.
· Se a noiva usar chapéu, madrinhas e convidadas devem optar por arranjos de cabeça.
· Caso mães e madrinhas utilizem, devem optar por modelos parecidos, para que haja harmonia no altar.
· Para as mães dos noivos é permitido usar chapéu mesmo à noite.
· O modelo borsalino que possui um desing masculino, pede roupas mais clássicas, como terninhos com calça ou saia, paletós estruturados longos ou curtos e capas.
· Cerimônias diurnas ao ar livre comportam chapéus com abas largas, em lugares fechados abas médias.
· Ao ar livre usar os chapéus com abas largas e confeccionadas com tecidos leves, para garantir uma leveza no visual.
· Roupas decotadas permitem grandes chapéus, com roupas fechadas devem ser pequenos.
· Mulheres altas e esguias, certamente ficarão bonitas com esse tipo de chapéu.
· Evite grandes chapéus quando o rosto for miúdo ou a pessoa for baixa, pois achatam a silhueta.
· Verifique o formato de rosto: chapéus de formas arredondadas suavizam traços angulosos e os modelos geométricos favorecem o rosto redondo.
· Capriche na maquiagem, pois o rosto será o foco.
· Os modelos que possuem lantejoulas, missangas, brilhos, flores e rendas combinam mais com cabeças menores.
· Evite usar quando estiver á mesa e em igreja, por respeito.
· Evite muitos acessórios para não carregar o visual.
· Somente use chapéu se sentir bem com ele.
Modelo Borsalino - referência ao sobrenome do fundador de uma fábrica de chapéus, Giuseppe, foi criado em 1857. Também chamado fedora, que tem esse nome por conta da peça teatral Fédora, de Victorien Sardou, feita para Sarah Bernhardt.

Espero que gostem das dica; Um xero!!!!
Fonte: Livro “Negócios e Festas” de Luiza Miranda.



16 de jun de 2011

Maquiagem para verão 2011/2012



Já falei no blog  das tendências de make para o inverno 2011, e o Verão 2011/2012 estão bastante democráticas, além da volta do nude , e cores vibrantes as maquiagens apresentadas nos desfiles do São Paulo Fashion Week agradaram muito principalmente pela naturalidade.


Ok, se você  não abre mão da boa sombra preta , vai poder usa-la fazendo aquele esfumado “pretão” mas só para balada mas a boca tem que ser opaca , fosca e nude . Assim o visual fica harmonioso e não tem excesso de informação.

As makes de verão aparecem com ar saúde e discretas na maioria dos desfiles ,algumas até apostaram no pink e vermelho nos lábios mas deixaram o look dos olhos em paz .

E se você ainda não sabe como elaborar a sua próxima maquiagem de verão 2011 , separarei algumas fotos das tendências apresentadas na passarela do SPFW para você já ir pensando nas suas próximas combinações de make Up. Um xero!!!!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...